You are here

Dicas para comprar seu fusca

Olha eu de novo trazendo mais um post prq vocês, desta vez é sonre um assunto bem recorrente porém pouco ilustrado em blogs: Dicas para comprar seu fusca

Nem glu glu nem ié ié! Preste atenção nos
detalhes muitas vezes o “Bilu Tetéia” é apenas uma “Pegadinha do Malandro”

Abaixo estarão dicas bem ilustradas espero que gostem!

Carro muito Barato: A primeira vista pode parecer uma barbada, ou algo muito raro, e cuidado com aquele papo de “minha mulher não gosta” ou “eu to enforcado de divida”(Ta que muita gente vende por estes motivos), verifique a documentação do carro, peça para o dono o numero do Renavam.

Documento do Carro, renavam circulado acima.

Você mesmo pode consultar multas no site do Detran do seu espaço, porém nestas horas compensa pagar um despachante para conferir qual a real situação deste carro, faça de maneira discreta, afinal você não quer ter uma dor de cabeça em vez de alegrias com seu fusca não é ?

Pintura: Creio que o maior problema de alguns fuscas seja estar descaracterizado em termos de pinturas, apesar que dependendo das pinturas são mais bonitas que as originais, porém se você pretende um fusca para a Placa Preta, um bom serviço de pintura tende a sair de 2500 a 4500 dependendo das cores selecionadas e da região.

Tendo visto esta parte, agora vamos a parte mais crítica, a lata, esta é a mais importante, pois a parte estrutural resulta na parte mais cara de uma manutenção, seguem abaixo os aspéctos a serem observados com cautela,

Porta Malas: Atrás do estepe existe uma plaquetinha de identificação, normalmente a falta dela é um indicio de que o carro já necessitou da troca ou de cabeçote ou da caixa de estepe, verifique se a tampa esta alinhada, caso esteja desalinhada é sinal de má conservação seguida de serviço mal feito, ou batida frontal

Porta Malas Fusca
Observe a plaquetinha, o tanque de gasolina
e o reservatório do fluido de freio variam de lugar de acordo
com o ano do carro

Cofre do Motor: Outra parte que deve-se ter muito cuidado, afinal é aqui que está o coração do carro, procure por rachaduras, ou trincas, esta parte tende a ser a mais conservada , caso o seu carro seja “Fuscão” antes da série Itamar observe que que ele deve possuir esta peça preta Chamada Asa de Morcego, caso seja fusca até 70 primeira série ou Standard (Bunda Lisa) não existe esta peça, ela serve para não cair água no motor

Imagem de um cofre de motor, procure por rachaduras nas dobras
“Fuscões” 1300L até 1978, 1500 (todos) e 1600 até 1986 Possuem
“Asa de Morcego” a peça preta que está fixada a tampa


Já que estamos falando de motor, esta parte é muito importante, verifique o número do motor, se bate com o número registrado no Documento, pois isto pode te meter em uma roubada e grandes dores de cabeça para transferir o carro, ou rodar com ele no futuro, para regularizar um motor sai em média R$250, caso o motor possua a cilindrada e potência original do carro.

O Numero do Motor Pode ser facilmente encontrado próximo a polia de baixo 

Continuando a falar de Motor procure por folgas nas polias, isto é importante, as polias não podem ter folga, isto é sinal de retifica mal feita, pode causar desgaste prematuro das peças e das correias dentadas, o teste é bem simples: Verifique se o carro se encontra desengatado, e depois mova as polias do Alternador e  do Motor verificando se não existe folga

Freio de Mão: Caso o carro esteja em decida verifique este item primeiro, afinal não queremos um acidente né? Um freio de mão não pode estralar mais que 3 vezes quando puxado devagar, caso esteja sem o protetor verifique se existe folga nas porcas, caso não resolva será necessário trocar o cabo.

Câmbio: Caso seja possível andar com o carro verifique se o câmbio não esta pulando ou escapando marchas durante a troca, a mão de obra para o reparo de um cambio sai em torno de 500 a 1200 reais.

Feito isto, voltemos a lata.

verifique as colunas, são partes importantes, caso existam muitos podres ou rachaduras, deixe passar, pois esta parte dificilmente pode ser recuperada

O Assoalho: bom, esta parte é muito importante, é um defeito crônico do Fusca e seus derivados, normalmente por má conservação ou mesmo pelo longo tempo de uso, o assoalho destes veiculos tende a apodrecer, uma troca de assoalho tende a custar entre 2000 a 2500 reais, pois é necessário tirar o carcaça do carro para poder mexer diretamente no chassi, caso o carro possua o carpete ou carrapatinho passando por cima do assoalho, olhe por baixo do carro, devido a espessura da chapa é facil de se perceber as ferrugens ou furos, caso seja possível também verifique o chapéu de napoleão da frente e o de trás.

Assoalho: um dos pontos mais críticos a serem observados em qualquer carro
com mais de 20 anos de uso

O Volante: Creio que este nunca foi muito o forte do fusca, afinal, como sabemos a caixa de direção possui uma “leve” folga, pois bem, esta folga do volante não pode passar de 3mm, caso isto ocorra, pode ser um simples aperto de parafuso, ou uma troca completa da caixa de direção que sai em torno dos 300 a 600 reais.

Colunas: parte que deve ser bem verificada em cojunto com as caixas proximas ao assoalho, pois dificilmente você vai pagar barato do serviço de reparo, sai em torno de R$300,00 a R$400,00 existe um teste bem simples pata ver o nível de dados nas colunas: a Firmeza das Portas, se alguma das portas não estiver firme de uma nova olhada na coluna

Dica de Experiência Própria: Após comprar seu fusca troque Óleo, principalmente se é um carro que fica parado para ir apenas a encontros ou está em uma garagem a muito tempo, pois óleo possui data de validade que normalmente não é anotada no adesivo de para-brisa, óleo velho no motor pode causar desgaste prematuro nas peças, até a necessidade de uma possível futura retifica.

Related Post

Deixe uma resposta

Top